Notícias » Policial

DEPEN IRÁ ASSUMIR A CARCERAGEM DA DELEGACIA DE PRUDENTÓPOLIS

GOVERNO DO ESTADO DO PARANÁ DECRETO nº 6081 transfere os setores de carceragem temporária das Delegacias de Polícia do Estado do Paraná para o Departamento Penitenciário. O GOVERNO DO ESTADO DO PARANÁ, no uso das atribuições que lhe conferem os incisos V e VI do art.87, da Constituição Estadual, objetivando implantar uma política de esvasiamento […]

Em 4 de novembro de 2020 às 23:12 | Policial

GOVERNO DO ESTADO DO PARANÁ

DECRETO nº 6081

transfere os setores de carceragem temporária das Delegacias de Polícia do Estado do Paraná para o Departamento Penitenciário.

O GOVERNO DO ESTADO DO PARANÁ, no uso das atribuições que lhe conferem os incisos V e VI do art.87, da Constituição Estadual, objetivando implantar uma política de esvasiamento dos Setores de Carceragem do Departamento de Polícia Civil, em estrito respeito ao princípio da dignidade da pessoa humana, por meio de tratamento adequado as pessoas privadas de liberdade e adequação das atividades dos servidores policiais civis e ainda, considerando o contido no protocolado sob nº 16.747.383-0.

DECRETA;

Art. 1º autoriza a transferência dos 41 (quarenta e um) Setores de Carceragem Temporária das Delegacias de Polícia do Estado do Paraná, localizados nos municípios abaixo relacionados, ao Departamento Penitenciário do estado do Paraná:

Alto do Paraná, Altônia, Araucária, Assis Chateaubriand, Bandeirantes, Cambé, Campo Mourão, Carlópolis, Cidade Gaúcha, Colombo, Colorado, Corbélia, Dois Vizinhos, Engenheiro Beltrão, Faxinal, Francisco Beltrão, Goioerê, Guaratuba, Ibiporã, Iporã, Irati, Ivaiporã, Jaguapitã, Jandaia do Sul, Loanda, Mandaguari, Marialva, Nova Esperança, Nova Londrina, Ortigueira, Palotina, Pitanga, Prudentópolis, Quedas do Iguaçu, Reserva, Ribeirão do Pinhal, Santo Antônio do Sudoeste, São Mateus do Sul, Sertanópolis, Wenceslau Braz.

Art. 2º autoriza o fechamento definitivo dos Setores de Carceragem Temporária das Delegacias de Polícia do Estado do Paraná, localizados nos municípios abaixo relacionados:

Catanduvas, Cruzeiro do Oeste, Curiúva, Formosa do Oeste, Imbituva, Iretama, Matelândia, Piraí do Sul, Ribeirão Claro, Santa Fé, Santa Helena, São Jerônimo da Serra, São Miguel do Iguaçu, Terra Rica, Ubiratã.

1⁰ O fechamento das unidades mencionadas nos incisos VII, XI , XIII e XV deverá ser realizado logo após o término das obras de ampliação da penitenciária Estadual de Foz do Iguaçu.

a Secretaria de Estado da Segurança Pública deverá disciplinar a destinação dos presos que foram autuados em flagrante delito, bem como os que forem capturados em cumprimento de ordem judicial, sendo vedada a manutenção de pessoas em celas temporárias por prazo superior ao necessário para conclusão dos procedimentos e critérios da autoridade policial ou suas remoções a outros setores de carceragem de gestão compartilhada ou exclusiva do Departamento de Polícia Civil.

Art. 3º serão transferidos os bens móveis, imóveis, informática, despesas de custeio (água, luz, telefone, internet, entre outros), contratos de alimentação com a respectiva dotação orçamentária do Departamento de Polícia Civil para o Departamento Penitenciário, sem prejuízo das suplementações orçamentárias necessárias.

Os imóveis que atualmente abrigam as Delegacias de Polícia, tão logo sejam desocupados pelo Departamento de Polícia Civil, serão transferidos ao Departamento Penitenciário.

Nas localidades em que não haja possibilidade de transferência imediata do imóvel, ambas as unidades permaneceram no mesmo prédio, o qual deverá apresentar entrada distinta para cadeia pública, tornando as estruturas físicas independentes.

Art. 4º Nos municípios onde houver a transferência do Setor de Carceragem Temporária das Delegacias de Polícia, bem como naqueles responsáveis por receber presos de Comarcas que tiverem seus ambientes desativados definitivamente, o Departamento Penitenciário deverá receber o (a) preso (a) acompanhando (a) de auto de prisão em flagrante, com a respectiva nota de culpa indicando a comunicação ao Poder Judiciário, ou mandado de prisão, o qual deverá ser cumprido pelo Gestor da unidade.

Art. 5º O As funções de escolta e transporte de presos permanecem inalterados enquanto o DEPEN não detiver estrutura de pessoal efetivo equipamentos imprescindíveis para a realização destes atos.

Art 6º O fundo rotativo deverá ser repartido entre o Departamento de Polícia Civil e o Departamento Penitenciário mediante transferência da dotação orçamentária, utilizando-se com critério o valor médio disponibilizado nos últimos seis meses a cada um dos municípios.

Parágrafo único O departamento penitenciário poderá regionalizar a administração do Fundo Rotativo criado pela lei nº 14.267, de 22 de dezembro de 2003 visando a transparência dos gastos EA observância as normas licitatórias.

Art. 7º para a definição dos procedimentos e medidas necessárias para a transição de gestão, a Secretaria de Estado da Segurança Pública contará com o apoio técnico das Secretarias de Estado da Fazenda, Secretaria de Estado do Planejamento e Projetos Estruturantes e Secretaria de Estado da Administração e da Previdência.

Art. 8º os procedimentos necessários para o cumprimento deste Decreto serão definidos por Resolução da Secretaria de Estado da Segurança Pública.

Art. 9º este decreto entra em vigor na data de sua publicação. Curitiba, em 04 NOV de 2020.

 

CARLOS MASSA RATINHO JUNIOR

Governador do Estado

GUTO SILVA

Chefe da Casa Civil

RÔMULO MARINHO SOARES

Secretário de Estado da Segurança Pública.






LEIA TAMBÉM

PRF ATENDE CAPOTAMENTO COM TRÊS VÍTIMAS NA BR-376 EM PONTA GROSSA.

Em Ponta Grossa/PR, por volta de 22h 13 do dia 13/09/2020, no Km 500...

PRF registra tombando de caminhão seguido por engavetamento envolvendo mais sete veículos em Tibagi.

Durante o Dia de hoje, 06/03/2021, o trânsito segue fluindo por apenas uma das...

CORPO DE HOMEM QUE ESTAVA DESAPARECIDO NO RIO IVAÍ EM PRUDENTÓPOLIS FOI LOCALIZADO.

Por volta das 12:50hrs de hoje, 09/03/2021, recebemos a Informação do Tenente Da Macena,...

Carreta de Prudentópolis foi roubada em Paranaguá.

Uma carreta Scania R124, na cor branca, placa AJL-7010 de Prudentópolis, atrelada ao semi...
  • Radio Copas Verdes FM